Blefarite

A blefarite é uma inflamação frequente do bordo das pálpebras, em que a inflamação na pálpebra, a caspa na base das pestanas, a dor nos olhos, os olhos vermelhos e a “comichão” ou ardor nos olhos são alguns dos sinais e sintomas mais frequentes.

É uma patologia comum e pode surgir de um dia para o outro, em pessoas de qualquer idade.

A doença, geralmente, está relacionada com a colonização das pálpebras por bactérias da flora normal da pele. Esta colonização é exacerbada quando há aumento de oleosidade dessa região, devido à disfunção das glândulas de meibómio, glândulas produtoras da camada lipídica do filme lacrimal.

A blefarite não tem cura, mas se tratada de forma adequada pode restabelecer uma vida perfeitamente normal aos doentes

Para disfunção da glândula meibomiana, compressas mornas podem ajudar a gordura a fluir das glândulas sebáceas meibomianas e diminuir a inflamação, aliviando a comichão e o ardor. Uma massagem na pálpebra pode ajudar a liberar o óleo das glândulas meibomianas, que ajuda a lubrificar o olho

Dia Mundial da Visão

No âmbito do Dia Mundial da Visão, a Flipóptica e a Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira apelam a que ame os seus olhos.

Quase todos os seres humanos experienciam problemas de visão ao longo da sua vida. Ainda assim, mais de mil milhões de pessoas não têm acesso a serviços de saúde da visão e em Portugal ainda não existem cuidados primários para a saúde da visão integrados no Serviço Nacional de Saúde. De modo a focarmo-nos na saúde da nossa visão, a compreendermos o quão os nossos olhos são importantes, vimos alertar para a necessidade de realizar consultas optométricas periódicas, permitindo a prevenção e a deteção precoce de problemas visuais e oculares.

Marque já hoje a sua consulta!

Vimax Use

O trabalho de escritório, e especialmente no computador, é um dos mais exigentes a nível visual devido à concentração do olhar em um ponto devido ao número de horas de esforço visual contínuo e devido à exposição prolongada a uma fonte de luz azul.

As lentes progressivas e monofocais projetadas especificamente para este uso proporcionam ao usuário uma visão adaptada ao ambiente de trabalho interno, uma posição mais confortável diante do computador e, como resultado, um maior conforto ao longo do dia.


Coloboma

O coloboma é um tipo de malformação do olho em que há alteração na estrutura do olho, podendo afetar pálpebra ou a íris, de forma que o olho pode ficar semelhante ao de um gato, porém a capacidade de visão é quase sempre mantida.

Coloboma pode ser herdado ou pode resultar de uma mutação genética aleatória, como um defeito autónomo, ou como parte de um número de desordens genéticas que afetam outros órgãos também. Os fatores ambientais podem igualmente ser do significado na revelação desta circunstância.

Os sintomas da coloboma varia de acordo com o seu tipo, no entanto, os sinais e sintomas mais comuns são:

  • Pupila em forma de ‘buraco de fechadura’;
  • Falta de um pedaço da pálpebra;
  • Sensibilidade excessiva para a luz;
  • Dificuldades para enxergar que não melhoram com óculos.

O tratamento para coloboma só é necessário quando a alteração provoca dificuldade para enxergar ou algum outro sintoma. Caso contrário, apenas terá de ser acompanhado a cada 6 meses para avaliar o desenvolvimento do olho, pelo menos, até aos 7 anos de idade.